Divertidas 


UMA VIDA EM DOZE HORAS

À uma eu nasci.

Às duas me batizei.

Às três pedi namoro.

E às quatro me casei.

Às cinco, uma dor!

Às seis, uma aflição.

Às sete, senhor Doutor.

E às oito, no caixão.

Às nove, a caminho.

Às dez, cemitério.

Às onze, no buraco.

E às doze lá no Céu!


 

voltar para o índice