Divertidas 

QUAL O SEU TIPO DE CRISTÃO?

Alguns são como a
bateria descarregada : sem nenhuma energia, nem força para funcionar no Reino de Deus.
Alguns são como o
carrinho de mão : precisam ser empurrados para trabalharem, principalmente na Igreja.
Alguns são como a
canoa, só andam a remo ou a rio abaixo.
Alguns são como os
gatinhos : só estão contentes e animados na vida e na Igreja quando mimados.
Alguns são como
traillers : só avançam na vida cristã quando puxados.
Alguns são como
balão de gás : vivem cheios de ar e sempre prontos para explodir.
Outros são como o
" iô-iô" : ora estão subindo na sua espiritualidade, ora estão descendo.
Alguns são como
pipoca : vivem pulando, daqui para li, de Igreja em Igreja, dificilmente se firmam como membros de uma congregação.
Alguns são como o
papagaio : precisam ter o pé amarrado e a asa cortada para manter-se na linha.
Alguns são como o
clima : instáveis e inconstantes em sua conduta.
Outros são os chamados
crentes 6 horas : vivem nos pedindo: "Óia", ocês ora por mim viu ? Ocês ora, não esquece, ocês ora também pelo meu cunhado, tá ?
Alguns são chamados de crente "raimundo", um pé na Igreja e outro no mundo.
Alguns são chamados de
crente 333: meio besta... (se não entendeu, lembre-se do número do animal inimigo mencionado no Apocalipse).
Alguns são como
"tietes" ou "portadores de carteirinha de um fã-clube" : acompanham um pastor a onde ele for, não vão ao culto ou saem quando descobrem que o pastor está ausente. Se puderem o acompanham em qualquer viagem, até durante as suas férias.
Outros, porém, são como o
nascer do sol : podemos sempre contar com eles para um novo dia.
Ainda outros há que são como a rocha de Gibraltar : firmes, constantes e imutáveis, sempre abundantes na obra do Senhor.
Que possamos, desta forma bem humorada e num exame introspectivo profundo, analisar que tipo de cristão temos sido. E ainda mais, procuremos ser firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o nosso trabalho não é em vão, e o nosso galardão prometido por Jesus Cristo é eterno.
Fonte
Lágrima

voltar para o índice