Estudos 2  

AS QUATRO REGRAS DE COMUNICAÇÃO
Lição preparada pela Igreja Batista da Fé, em LaFayette, Indiana, E.U.A. e adaptada para o português.
Efésios 4:25-32
25 Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo.
26 "Quando vocês ficarem irados, não pequem".* Que o sol não se ponha enquanto vocês estiverem irados,
27 e não dêem lugar ao diabo.
28 O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.
29 Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem.
30 Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.

31 Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.
32 Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.


Bons relacionamentos que duram não vêm automaticamente!
Todos os trechos das lendas, como 'A Gata Borralheira' e 'Branca de Neve e os Sete Anões' que "andam ao pôr-do-sol e vivem em felicidade completa para sempre," são totalmente imaginários e absolutamente fora do ensino da Bíblia. Relacionamentos bons não acontecem assim e jamais podem ser. Todos nós somos pecadores, e os pecadores são egoístas e finitos. O fato que somos egoístas e finitos quer dizer que nós vamos TER CONFLITOS.
Porém, você pode se animar. Casamentos e relacionamentos que
são bons não são formados sem dificuldades. Problemas podem e devem ser resolvidos. Deus mandou assim. Aquilo que Ele ordenou Ele também dará a força e a possibilidade para o cumprir. Em Efésios 4:22-32 o apóstolo Paulo, pelo Espírito Santo, fala sobre despojar-nos dos hábitos velhos e revestir-nos com os hábitos de Cristo.Nestes
versículos ele nos dá quatro: regras vitais na área de comunicação pelas quais resolveremos conflitos e problemas em comunicar. estas regras devem ser usadas em todos os nossos relacionamentos. Vamos aprender, e usá-las.

I. A Primeira Regra: SEJA HONESTO (Ef. 4:25)
WayneMmack no seu livro em inglês, Marriage Relations, (Relacionamentos no Casamento) corretamente diz que "um dos mais básicos requerimentos de boas comunicações é franqueza e honestidade mútua. Deve existir um ouvir e falar honesto se os nossos problemas hão de ser resolvidos."
A. Pensamentos são conhecidos só pela própria pessoa ( e Deus).
Para entender esta verdade leia 1 Co 2:11(Pois quem dentre os homens conhece as coisas do homem a não ser o espírito do homem que nele está? Da mesma forma, ninguém conhece as coisas de Deus, exceto o Espírito de Deus). Depois de ler este versículo, responda: Por que uma pessoa tem que verbalizar os pensamentos para a pessoa envolvida com ele?

B. Dados não verbalizados são úteis, mas nunca serão conclusivos.

Nunca podemos conhecer uns aos outros pelas adivinhações. Indícios não verbais podem nos levar a duvidar. Devemos, assim, notar sorrisos, franzimentos das sombrancelhas, tons de voz, linguagem do corpo, comunicação pelos recados, presença ou ausência da casa, toques, pancadinhas, abraços, disposições para ajudar, prestar atenção e compartilhar.
Porém,os fatos podem ser conhecidos e os problemas tratados só com franqueza e honestidade.

C. Honestidade é mais do que não mentir.
De acordo com Efésios 4:25, honestidade e franqueza são mais do que evitar uma mentira. Também devemos falar a verdade.

D. De acordo com as passagens seguintes, veja o que acontece quando ouvimos ou falamos com honestidade.
1. Provérbios 18:13
(13 Responder antes de ouvir, é estultícia e vergonha.)
2. Amós 3:3
(3 Acaso andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? )
3. Mateus 5:23-26

(23 "Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você,
24 deixe sua oferta ali, diante do altar, e primeiro vá e reconcilie-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta.
25 "Entre em acordo depressa com seu adversário que pretende levá-lo ao tribunal. Faça isso enquanto ainda estiver com ele a caminho, pois, caso contrário, ele poderá entregá-lo ao juiz, e o juiz ao guarda, e você poderá ser jogado na prisão.
26 Eu lhe garanto que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo".)

4. Mateus 5:9
(9 Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus)
5. I Corintios 14:8,9,33 e 40
(8 Além disso, se a trombeta não emitir um som claro, quem se preparará para a batalha?
9 Assim acontece com voc ês. Se não proferirem palavras compreensíveis com a língua, como alguém saberá o que está sendo dito? Voc ês estarão simplesmente falando ao ar.
33 Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz. Como em todas as congregações dos santos...
Mas tudo deve ser feito com decência e ordem)

(Continua na próxima página)

voltar para o índice